Notícias
XI Semult foi sucesso de engajamento dos envolvidos

 4 de Setembro, 2018


images

A 11ª Semana Multidisciplinar de Cursos de graduação (Semult) da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ubá (Fupac) foi sucesso de engajamento dos envolvidos. O evento aconteceu entre os dias 15 e 17 de agosto e a proposta era oferecer aos acadêmicos minicursos e palestras, além de trazer aos futuros profissionais - especialmente das Engenharias Civil e de Produção, Administração e Ciências contábeis - novos conhecimentos enriquecedores acerca de sensibilidade para negócios através de experiências compartilhadas de forma dinâmica e visivelmente interativa.

Quem abriu os trabalhos dentro da área da Engenharia, foi o ex-aluno da Fupac e Engenheiro Civil Gustavo Ciotti, que falou sobre Excel. No minicurso oferecido pelo profissional, ele ofereceu dicas de programação. No minicurso, os alunos puderam ser apresentados a conceitos de matérias já cursadas, como introdução à programação, por exemplo, na prática: como realmente acontecem as demandas diárias na vida de um engenheiro civil.

A XI Semult foi aberta pelos cursos de Administração e Ciências Contábeis com o Empreendedor Gustavo Bernardino de Oliveira que proferiu palestra sobre Empreendedorismo e Modelos de Negócios. Durante seu discurso, o profissional destacou o Empreendedorismo como uma prática estimulada em todo o mundo visto que a transformação de novas ideias em negócios, ou seja, a inovação, constitui a estratégia de competitividade adotada pelas empresas. Além disso discutiu os modelos de negócios inovadores do ponto de vista de negócios existentes no mercado.

Também houve a participação da Professora Melissa Gevezier Fioravante Vignoli que intitulou sua palestra de “Procrastinação: como lidar com ela na esfera pessoal e nos negócios”. Ela falou um pouco sobre o tema. “Procrastinar é o ato de adiar algo ou prolongar uma situação para ser resolvida depois. A procrastinação é um comportamento considerado normal ao ser humano, no entanto pode ser muito prejudicial quando começa a impedir o funcionamento de rotinas pessoais ou profissionais. No mundo contemporâneo, as relações interpessoais e de trabalho vivenciam a necessidade de resultados à curto prazo, onde as informações circulam aceleradamente, dificultando o retardo de gratificação” contou.

A profissional com visível carga de experiências mostra que sabe do que fala “A procrastinação não se trata de uma questão de gestão de tempo e sim de uma incapacidade de controlar emoções e impulsos. É uma estratégia que nos faz sentir melhor ao nos distrairmos com um prazer de curto prazo e esquecermos o problema. Essa distração gera consequências negativas diretas nos rendimento acadêmicos, nos desempenhos profissionais, no resultado financeiro e, principalmente, na saúde mental” explicou e concluiu “[...] enfim, existem diversas técnicas que podem auxiliar a diminuir e até mesmo evitar a procrastinação. Mas em casos que a pessoa já apresenta um comportamento crônico, ressalta-se a importância de procurar ajuda especializada para tratamento”.

Ainda dentro das áreas de Administração e Ciências Contábeis, o Professor Gilmar Vecchi, também da Fupac Ubá, ministrou minicurso intitulado “Comunicação e Liderança”. O mestre agradeceu em especial ao Coordenador Carlos Augusto pelo convite e oportunidade de fazer parte da ação.

Outro minicurso foi oferecido pelo ex-aluno da Fupac, Engenheiro de Produção e também professor Thiago Wendt Antunes foi ministrado pelo mesmo e abordou temas como fiscalização fiscal, trabalhista e previdenciária. O profissional ressaltou a importância dos discentes buscarem conhecimento sobre eSocial “Estamos chegando em um patamar completamente novo no que diz respeito ao tema” explicou. 

O acadêmico em Engenharia de Produção, Raul Soares intitulou sua palestra de “Empreendedorismo Atrevido”. Raul que participou de outras edições da Semlt, explicou que seu maior objetivo com a palestra dessa 11ª edição, era através de experiências próprias e de outras pessoas - além das correlações entre o que se viveu e o que se aprendeu empiricamente e de forma académica - interligar esses conhecimentos, mostrando a todos o quão importante é serem extremamente “Atrevidos” no mercado, mesmo sendo estudantes.

A profissional Luara Ferreira Alves ofereceu o minicurso “Auditoria de Qualidade”. A troca de experiências dessa vez foi sobre gestão de qualidade com ênfase em auditoria da qualidade. A palestrante elogiou o evento “[...] demonstrou organização! Os alunos demonstraram engajamento; muitos tiraram dúvidas e fizeram questionamentos sobre o assunto”.
Quem fechou o evento com chave de ouro foi a Jornalista Graziele Oliveira, representando a empresa Haskell de Cosméticos. A palestra intitulada “Mercado de Trabalho” teve teor motivacional, a partir do qual a palestrante - formada em Jornalismo há um ano - pôde usar sua experiência profissional para compartilhar com o público o fato de que “as pessoas não precisam ocupar cargos de liderança para serem reconhecidas como líderes”.

A jovem buscou mostrar aos alunos que todos eles podem liderar a partir do momento em que criam espaços de colaboração para mover outras pessoas no rumo do que eles acreditam “[...] além disso, minha fala também girou em torno de que podemos atuar em áreas distintas da que graduamos, de forma que o mercado busca por profissionais multidisciplinares e que estejam aptos a contribuir em diversos ramos da empresa Para deixar essa fala mais próxima dos alunos, apresentei vídeos de colaboradores que são meus colegas de trabalho na Haskell e que são formados nos cursos participantes do evento” explicou Graziele.

Os palestrantes entraram em consenso sobre a importância do evento que teve início em 2007. O coordenador dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, Carlos Augusto Ramos dos Reis, comemorou o fato de o projeto vir crescendo e tomando dimensões positivas. Afirmou ainda que a Semult “veio para ficar” e conta que os próprios alunos já perguntam ao início do semestre quando será o evento.

A fala de Gustavo Ciotti fomentou o que o coordenador expôs “Os alunos apresentaram interesse e acredito que os mais empolgados procuraram pelo curso de Excel na modalidade sequencial, para aprender a utilizar a ferramenta de forma completa” contou. “[...] acho extremamente importante a faculdade fomentar os alunos à aprendizagem extraclasse como forma de apresentar a rotina real do profissional da área do curso superior que eles escolheram”.

Gustavo Bernardino relatou ser uma imensa satisfação participar do projeto “Contribuir com a formação de jovens através da troca de experiências e conversar sobre empreendedorismo, algo que vivo no dia a dia desde a época em que estava na graduação, foi indescritível” disse e completou “[...] a Fupac está de parabéns pela iniciativa. Em mercados cada vez mais competitivos com níveis de exigências elevados, investir em uma formação diferenciada proporcionando ao aluno essa proximidade com o mercado de trabalho só valoriza suas formações e evidencia a grandeza desta instituição”.

Raul Soares, que participou do evento em todas as edições que se sucederam desde 2015, se disse lisonjeado com o convite “Como aluno, posso dizer que muito do que se propõe o evento foi importante na minha carreira, principalmente pela oportunidade que os alunos têm de criar sua rede de networking, conhecer outros alunos que são talentos em suas áreas, porém as vezes desconhecemos” disse, e completou “[...] é muito importante o envolvimento de todos os alunos, que deixam de ser períodos e turmas e passam a ser integrantes de um mesmo sistema, que caminha em apenas uma direção” explicou com a bela frase de efeito.

Luara Ferreira também opinou sobre a relevância do feito “É importantíssimo a faculdade abordar esses projetos pois conecta os alunos com profissionais da área, e aborda temas atuais e com relevância na formação do aluno” disse.

]A comunicadora Grazielle também falou sobre. Segundo ela, durante sua palestra, sentiu o público bastante atento e interativo, o que permitiu à profissional usar as experiências deles em associação à própria fala. “Acredito que eventos desse tipo, onde a faculdade permite o contato dos graduandos com recém-inseridos no mercado de trabalho, como é o meu caso, aproxima os estudantes da realidade das empresas no Brasil, encorajando-os a buscar conhecimentos para além da área em que irão se formar e, consequentemente, contribuindo para a construção de futuros profissionais completos” contou.

Melissa Gevezier Fioravante Vignoli também elogiou o evento “Fiquei lisonjeada com o convite para participar como palestrante na Semult. Acredito que a psicologia tem muito a contribuir com conhecimentos que agregam valor para as faculdades de Administração, Ciências Contábeis e Engenharias [...] foi muito importante perceber o interesse dos alunos, pois em vários momentos da palestra, foi solicitado que eles levantassem a mão para indicar o quanto o assunto era pertinente a vida deles (se eram ou não procrastinadores, o quanto eram, se conheciam alguém com características semelhantes, etc) e muito alunos interagiram, com atenção e bom humor até o final da palestra”.

Gilmar Vecchi agradeceu pelo convite dada a importância do feito “Grato por ter podido prestar presença no referido evento o que contribuiu sobremaneira para abrilhantar e ratificar o sucesso da Semult da Fupac de Ubá: instituição que a cada ano vem se destacando por uma extensa programação de palestras e minicursos com ilustres convidados, com os próprios professores, bem como com alunos dos vários cursos” elogiou.

Thiago Wendt Antunes disse ver a Semana Multidisciplinar como uma ótima oportunidade para os acadêmicos terem contato com temas que muitas das vezes não estão inseridos na rotina de trabalho das disciplinas das matrizes curriculares. “Tentei trazer para os alunos de Administração e Ciências Contábeis a temática eSocial, compartilhar o conhecimento que tenho adquirido sobre essa temática nos últimos anos é extremamente gratificante, pois tenho percebido, nos profissionais já formados nessa área, uma enorme lacuna”.

Os coordenadores dos cursos envolvidos não deixaram de se pronunciar sobre a satisfação de realizar a Semana Multidisciplinar.

Carlos Augusto - que além de coordenador também é organizador do evento - disse ser uma satisfação imensa saber que o evento já faz parte do calendário acadêmico da Faculdade. “A Semult permite a troca de experiências entre discentes, docentes, empresários, e, os alunos conseguem ver como é a vida pós curso. Além disso, proporciona uma grande confraternização onde todos podem trocar idéias, rirem, dar sugestões, críticas. Com certeza a Semult é um filho que me dá muito orgulho. Não posso deixar de agradecer o companheirismo do amigo Israel que está comigo tornando este evento "O evento"” conta e já adianta “[...] estamos atentos para a próxima edição!”.

Israel Iasbik, também organizador e coordenador dos cursos de Engenharias Civil e de Produção contribuiu com sua visão sobre o acontecimento. O coordenador explicou que eventos como a Semult proporcionam aos alunos contato direto com profissionais atuantes no mercado. “Nesse momento os alunos visualizam as dificuldades do mercado e sobretudo as competências mais esperadas dos profissionais de Engenharia. Buscamos sempre trazer palestrantes que falem de temas relevantes e atuais e que exponham suas experiências já vividas. Os alunos sempre interagem bastante e mantêm um aguçado interesse em absorver ao máximo toda a bagagem dos palestrantes” explicou.

Israel concluiu sua fala comentando sobre a premissa do evento e engajamento dos alunos “Procuramos sempre trazer temas específicos para as Engenharias e também temas Multidisciplinares, mantendo a essência do Evento. Tivemos uma maciça adesão dos alunos que durante os intervalos puderam estabelecer um ambiente de descontração e networking com os coffee break oferecidos em todos os dias do evento” encerrou.

 
]
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Para ver todas as fotos clique aqui
 
 
 

 

Comentários: